Galeria (2019)

Apresentam-se as provas da existência de Deus, por René Descartes.Explica-se o objetivo filosófico de Descartes, a Dúvida Metódica, o Cogito e a existência de Deus: o argumento ontológico, da marca impressa e da causa da existência.

Descartes tinha o objetivo de encontrar os fundamentos seguros do conhecimento, e utilizou a Dúvida Metódica - questionou e descartou como falso tudo aquilo que pudesse causar o mínimo de duvida - para encontrar uma certeza indubitável e evidente. O Cogito é, então, a primeira certeza de Descartes, onde o sujeito pensante é descoberto. A partir de três argumentos (nomeadamente Ontológico, Marca Impressa e Causa da Existência), Descartes prova a evidência da existência de Deus. Deus será a garantia segura da razão para conhecer. Ainda que Descartes tenha conhecido com evidência a res divina, as provas apresentadas por ele podem ser objeto de crítica sendo reconhecida uma petição de princípio, designada por Círculo Cartesiano. A partir da Res cogitans e com a força da Res divina, René Descartes conhece a Res extensa (o Mundo), e a conexão entre essas três certezas é a base segura do conhecimento universal e necessário, contrariando assim os céticos.


Disciplina: Filosofia

Professora: Isabel Azevedo


2019 04 26 12 16 28 autores tfff

Autores:

  • Beatriz Sant'Anna de Carvalho, Escola Básica e Secundária de Águas Santas, 11C
© 2020 Projeto+. Agrupamento de Escolas de Águas Santas. Todos os direitos reservados.